Siga-nos!

política

Maioria dos pastores querem que Trump continue na presidência, diz pesquisa

Pesquisa relevou um grande número de pastores indecisos.

Michael Caceres

em

Joe Biden e Donald Trump

Uma pesquisa divulgada pelo instituto LifeWay Rearch nesta terça-feira (13) concluiu que a maioria dos pastores evangélicos pretendem votar em Donald Trump nas próximas eleições dos Estados Unidos. A pesquisa demonstrou que 53% dos pastores preferem o atual presidente.

O oponente Joe Biden conquistou uma parcela dos líderes evangélicos, segundo a pesquisa, com 21% dos apoiadores, enquanto que 22% afirmam que ainda não se decidiram sobre quem será o seu candidato nas eleições de 3 de novembro.

Biden conquistou apoio de líderes com formação teológica liberal e também entre os afro-americanos. São 61% dos pastores afro-americanos que pretendem votar no candidato filiado ao Partido Democrata.

Para o diretor executivo da Life Way Research, Scott McConnell, a pesquisa reflete a dificuldade de alguns pastores em se identificar com os candidatos. Além disso, ele afirma que alguns pastores não gostam de expor suas preferências políticas e podem preferir responder como “indecisos”.

Pesquisa

Os dados da pesquisa revelam que 68% dos pastores evangélicos de diversas igrejas e 20% das chamadas igrejas tradicionais dizem querer votar em Trump. O candidato do Partido Republicano também conquistou maioria entre os pentecostais, 70%, maioria entre os batistas, 67%, conquistou 43% entre os luteranos, 24% entre os presbiterianos e 22% entre os metodistas.

Para a pesquisa a LifeWay Research entrevistou 1.000 pastores americanos por telefone e online. Os resultados foram publicados no site do instituto evangélico.

Trending