Siga-nos!

justiça

Maioria conservadora prefere juízes de carreira no STF

93,3% consideram que STF deferia ser formado por juízes de carreira.

Avatar

em

O ex-presidente Lula com ministros do STF
Lula e ministros do STF (Foto: Gervásio Baptista/STF)

Um dos temas recorrentes no debate sobre a formação do Supremo Tribunal Federal (STF) é a indicação dos integrantes da Corte, que geralmente é feita através de apadrinhamento político.

No entanto, a maioria dos conservadores gostaria que o Supremo fosse formado por juízes de carreira, considerando que eles têm maior respeito pela Constituição.

Uma proposta apresentada pelo senador Lasier Martins (Podemos/RS) defende que os ministros do STF tenham pelo menos quinze anos de atividade jurídica e sejam escolhidos a partir de lista tríplice.

Diante deste disso, o Gospel Prime perguntou aos seguidores conservadores como deveria ser formado o Supremo Tribunal Federal.

Para 93,3%, o STF deferia ser formado por juízes de carreira, enquanto que 0,5% disseram que deveria ser formado por advogados. Outros 2,6% responderam que “qualquer pessoa” poderia ser indicada para a Corte. E 3,6% disseram não saber.

Indicação

A próxima indicação para integrar a Corte acontecerá em julho, quando o ministro Marco Aurélio Mello deverá se aposentar compulsoriamente.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, já apontou que indicará um ministro evangélico, mas ainda não anunciou quem será o nome escolhido.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending