Siga-nos!

Mundo Cristão

Mãe de cinco desabafa ao ouvir comentários negativos sobre ter tantos filhos

“Por que é que as pessoas, mesmo os cristãos, sentem a necessidade de fazer comentários desanimadores?”, questionou.

em

Rachel Rink e seus filhos. (Foto: Reprodução / Facebook)

Uma mulher cristã usou as redes sociais para relatar o quanto o fato dela ter cinco crianças assusta as pessoas que passam por ela, contando a história recente da viagem da família para uma conferência.

Rachel Rink precisou sair sem o marido para participar da conferência, pois Adrian estava trabalhando muito e não poderia acompanhá-los.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ela e seus cinco filhos viajaram na segunda e ficaram até o sábado, se hospedando em um hotel próximo do local onde aconteceu a conferência.

Rachel percebeu que todas as pessoas que puxaram papo com ela comentavam o quanto suas mãos estavam cheias por carregar pertences das crianças e o filho mais novo que ainda é bebê.

“Falamos com pessoas diferentes o dia todo, a semana toda. Se eu tivesse que contar, eu posso pensar em cerca de 6 conversas que não incluem algo sobre o quanto eu era corajosa, ou como minhas mãos estavam cheias”, desabafou a mãe.

A maioria das pessoas que falaram com ela diziam que suas mãos estavam cheias em tom de crítica.

“Um homem foi tão longe a ponto de dizer que ia ligar ao meu marido e dizer-lhe que não deveríamos ter mais filhos. A maioria destes comentários foram feitos casualmente, mas todos com um tom negativo por trás deles”, disse ela.

As crianças mais velhas entenderam o que esses comentários queriam dizer e ficaram tristes.

“O Josiah ficou muito frustrado e disse que 5 crianças não são tantas assim e que as nossas mãos não estão tão cheias”, revelou Rachel na postagem.

Sua filha Susannah respondeu que a mãe não é “corajosa”, só ama seus filhos.

“Ela tem razão. Não há nada de corajoso em viver a vida com os seus filhos. Não é corajoso trazê-los para ouvir a melhor pregação do país, talvez do mundo. Não é corajoso trazê-los para ouvir falar de Jesus. Sim, minhas mãos podem estar cheias, e sim, é mais fácil ficar em casa do que ficar sozinho em um hotel com 5 crianças com 6 anos ou menos. Mas por que ter as mãos cheias de crianças é uma coisa tão ruim? Por que é que as pessoas, mesmo os cristãos, sentem a necessidade de fazer comentários desanimadores?”, questionou.

This past week, Adrian was tied up running the production of the G3 conference, and I was engaged in my usual ministry…

Posted by Rachel Rink on Sunday, January 19, 2020

Continua depois da publicidade