Siga-nos!

Política

Lula diz “ter fé em Deus” que sairá da cadeia

Carta foi lida durante o Encontro Nacional Lula Livre

em

Lula
Lula. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Durante o Encontro Nacional Lula Livre, que aconteceu neste sábado (16), uma carta do ex-presidente foi lida, onde ele afirma sua inocência e diz ter fé em Deus que sairá da cadeia.

Em crítica ao atual governo, Lula declarou que “a soberania nacional e os direitos do povo brasileiro são ameaçados por interesses econômicos e políticos poderosos, inclusive de potências estrangeiras”.

Condenado há mais de 24 anos de prisão por corrupção, o ex-presidente se apresentou como injustiçado, dizendo que foi preso para não ser eleito novamente como presidente da República.

“A cada dia que passa fica mais claro para a população e para a opinião pública internacional que fui condenado e preso pelo único motivo de que, livre e candidato, seria eleito presidente pela grande maioria da população”, acredita.

Ele ainda comentou a promessa que fez diante do corpo do seu neto, Arthur, vítima de meningite: “Vou te mostrar que os verdadeiros ladrões são os que me condenaram”.

No final da carta ele afirma: “Tenho fé em Deus e confiança em nossa organização para afirmar com muita certeza: nosso reencontro virá. E o Brasil poderá sonhar novamente com futuro melhor para todos”.

Publicidade