Siga-nos!

Política

Em quarto no Ibope, Lindbergh recorre à oração de pastor assembleiano

O senador tem 8% das intenções de voto e está em quarto lugar na disputa pelo governo do Rio

em

Antes de cumprir sua agenda política em Duque de Caxias, o candidato do PT ao governo do Rio de Janeiro, senador Lindbergh Farias, pediu oração para um pastor evangélico que estava pregando em uma praça pública da cidade.

O pastor Daniel Oliveira é auxiliar na igreja Assembleia de Deus Madureira em Coelho Rocha, São João do Meriti, e não negou a oração ao petista.

“Ele pediu a oração e o nosso dever foi orá-lo. Temos a obrigação”, disse ele. No Rio o Ministério Madureira está apoiando a candidatura de Luiz Fernando Pezão (PMDB), que lidera as pesquisas eleitorais, tecnicamente empatado com Anthony Garotinho (PR).

Enquanto os dois primeiros candidatos estão com 29% e 26% das intenções de voto, respectivamente, Lindbergh aparece em quarto lugar com 8% dos votos, atrás do senador Marcelo Crivella que tem 12%, segundo dados da mais recente pesquisa do Ibope.

“Oração sempre ajuda. Nunca atrapalha”, disse o petista que também afirmou não se importar com as pesquisas eleitorais. “Entre o Ibope e o sentimento das ruas, eu fico com o sentimento das ruas. Tem muita gente indecisa ainda. Temos chances de virar esse jogo”.

Entre os demais candidatos ao governo do Rio temos Tarcísio Motta (PSOL) com 2% dos votos, Dayse Oliveira (PSTU) com 1% e Ney Nunes (PCB) que não atingiu 1%.

Publicidade