Siga-nos!

igreja

Líder de adoração realiza evento em Portland em meio a protestos contra Bíblia

Sean Feucht tem promovido comícios de culto contra a proibição das igrejas adorarem.

Michael Caceres

em

Cantor Sean Feucht (Reprodução)

Um líder de adoração decidiu levar mudança para a atmosfera de Portland, onde manifestantes queimaram bíblias e têm promovido vandalismo pela cidade desde a morte de George Floyd.

Os distúrbios causados pelos protestos em Portland desde o final de maio acabaram motivando um grupo radical a queimar bíblias, denuncia feita por Ian Miles Cheong através do Twitter, que revelou que “ativistas de esquerda trazem uma pilha de Bíblias para queimar na frente do tribunal federal em Portland”.

Um vídeo capturou a ação desnecessária. Mais tarde, mostrou uma bandeira americana sendo adicionada ao fogo.

Ian comentou: “Não sei o que queima a Bíblia tem a ver com protestar contra a brutalidade policial. Não fique com a ilusão de que esses protestos e motins são tudo, mas uma tentativa de desmantelar toda a civilização ocidental e derrubar séculos de tradição e liberdade de religião. ”

Ao ficar sabendo do episódio, Sean Feucht decidiu formar parceria com igrejas locais em Portland para sediar um evento de adoração em resposta ao ato de desrespeito. O líder de adoração visitou vilas e cidades da Califórnia, organizando comícios de culto contra a proibição do estado das igrejas adorarem.

Em 8 de agosto ele irá para o estado de Oregon, onde estará em Portland para cultuar a Deus em um movimento de adoração de rua.

Ele diz que o movimento “será pacífico, cheio de amor” e afirma que “nós vamos cantar, vamos adorar”. “Esperamos que, mesmo através de nossa adoração, possamos começar a mudar a atmosfera dessa cidade”, tuitou.

Além disso, ele respondeu ao tweet de Ian. Ele disse: “Queimar Bíblias não vai parar o que Deus planejou para Portland! Nós vamos até você!”.

Trending