Siga-nos!

Política

Léo Pinheiro delata políticos e membros do Judiciário

Ele confirmou pagamento de propinas a Lula através de reformas no sítio de Atibaia e no triplex do Guarujá

Publicado

em

Léo Pinheiro
Léo Pinheiro. (Foto: Reprodução / Youtube)


O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, assinou delação premiada com a Procuradoria-Geral da República denunciando membros do Judiciário, além de confirmar pagamento de propina nas reformas do sítio de Atibaia e do Triplex no Guarujá, dando detalhes de como bancava as despesas da família do ex-presidente Lula.

Entre os assuntos tratados, o empresário confirmou o pagamento de caixa 2 para a campanha de Eduardo Paes para a Prefeitura do Rio de Janeiro em 2012.

Em sua delação premiada, divulgada pelo O Antagonista, o empreiteiro delatou 14 políticos de diferentes partidos: PT, PMDB, PSDB, PP e DEM.

O acordo de delação demorou mais de dois anos para ser aceito, a PGR não aceitou o acordo proposto pela família Mata Pires, acionista da OAS, por exemplo, um dos motivos da demora.



Publicidade
Publicidade