Siga-nos!

justiça

Justiça determina que Dallagnol pague R$ 40 mil para Renan Calheiros

O procurador da República denegriu a imagem do senador diante do seu eleitorado pelo Twitter.

em

Deltan Dallagnol e Renan Calheiros
Deltan Dallagnol e Renan Calheiros. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil )

Nesta quinta-feira (7), o Tribunal de Justiça de Alagoas determinou que o procurador da República Deltan Dallagnol, ex-coordenador da força-tarefa da Lava Jato, deve pagar ao senador Renan Calheiros (MDB-AL) a quantia de R$ 40 mil por danos morais.

Calheiros alegou que o procurador fez ataques a ele nas redes sociais, como resultado, sua candidatura à Presidência do Senado foi prejudicada em 2019.

Na ação, o parlamentar disse que Dallagnol atuou como “militante político” para acabar com a sua imagem diante do eleitorado. Além disso, Calheiros afirmou que o procurador abusou do direito constitucional à liberdade de expressão.

Da condenação

Na época, o ex-coordenador da Lava Jato postou várias críticas no Twitter em relação ao senador, afirmando que se ele fosse eleito dificilmente o Brasil teria uma reforma contra corrupção aprovada.

“Tem contra si várias investigações por corrupção e lavagem de dinheiro. Muitos senadores podem votar nele escondido, mas não terão coragem de votar na luz do dia”, escreveu ele.

Na decisão do juiz Ivan Vasconcelos Brito Júnior ficou claro que Calheiros sofreu “forte abalo de ordem moral” e ordenou o pagamento.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending