Siga-nos!

Mundo Cristão

Jovem é batizado na igreja que ele vandalizou 6 meses antes

Ele deixou um rastro de 100 mil dólares de prejuízo, mas foi perdoado pelo pastor que apelou ao juiz para reduzir sua pena.

em

Brenton Winn. (Foto: Central Baptist Church)

Em fevereiro deste ano o morador de rua Brenton Winn, 23 anos, foi preso por ter invadido e vandalizado a Igreja Batista Central de Conway, no Arkansas (EUA).

Usuário de drogas, eles estava sob efeito de metanfetamina e causou prejuízos de aproximadamente 100 mil dólares, incluindo laptops, câmeras e outros eletrônicos.

Meses depois ele foi alcançado com a mensagem do Evangelho e recentemente foi batizado. “Quando estou começando a entender como Deus funciona, percebi que não escolhi a igreja naquela noite. Deus me escolheu”, disse Winn à Baptist Press. “Se houvesse alguma outra igreja, acho que estaria na prisão agora.”

O pastor Don Chandler, apelou ao juiz no caso de Winn para mostrar misericórdia pelo julgamento. “Você não pode pregar algo por 50 anos sem praticá-lo, especialmente na frente de toda a igreja”, disse Chandler à Baptist Press. “Se não tivéssemos mostrado alguma graça a ele, tudo o que falamos e encorajamos teria ido além. Era simplesmente a coisa certa a se fazer. Este não era um criminoso endurecido. Era um jovem que havia feito alguns erros … ele era resgatável”.

O juiz aceitou a apelação do pastor e no lugar de condenar o jovem a 20 anos de prisão, deu a ele a opção de ir para o programa de recuperação residencial chamado Renewal Ranch, que usa a fé para ajudar pessoas a saírem das drogas. Quando ele terminar o programa de reabilitação, Winn provavelmente passará alguns anos em liberdade condicional.

O programa tem duração de 12 meses e ele foi apresentado a estudos bíblicos de onde ele tirou forças para aceitar a Cristo e se batizar. “Eu costumava pensar que era uma coincidência [que escolhi entrar na igreja naquela noite], mas agora chamo de confirmação de que Deus é real e Ele responde às orações”, disse Winn à BP. “O que pesava no meu coração era que eu precisava de um relacionamento com Jesus Cristo.”

Publicidade