Siga-nos!

Política

José Serra recebe apoio da Igreja Mundial do Poder de Deus

Antes de campanha na TV, candidatos aceleram visitas a igrejas

em

Os candidatos a prefeito de São Paulo continuam sua aproximação com os religiosos.

Semana passada, Gabriel Chalita (PMDB) conseguir o apoio formal do pastor Samuel Ferreira, e com isso de toda a Assembleia de Deus do Brás (Ministério Madureira). Afirma ainda ter apoio da Sara Nossa Terra. Sabidamente, o peemedebista é próximo dos católicos carismáticos e dos padres Marcelo Rossi e Fábio de Melo, com quem já escreveu um livro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por sua vez, José Serra (PSDB), confirmou o apoio da Convenção Geral da Assembleia de Deus no Brasil. E no último domingo, recebeu a “bênção” do apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus. Ele e o atual prefeito, Gilberto Kassab (PSD), participaram do culto matinal na sede da igreja no Brás.

O apóstolo pediu orações aos milhares de presentes no galpão que funciona como templo “pela vida, pela carreira e pelo coração” de Serra e Kassab. Disse ainda que ambos estavam no altar e seriam abençoados.

Durante o tempo em que estiveram presentes, Serra e Kassab ficaram sentados ao lado dos líderes da igreja: bispo Josivaldo Batista, bispa Franciléia de Oliveira e o missionário e deputado José Olímpio (PP-SP). Eles presenciaram testemunhos de curas milagrosas.

A visita à Mundial não foi divulgada como parte da agenda de campanha de Serra. Em 2010, o apóstolo já havia anunciado seu apoio a Serra na disputa presencial e chegou a gravar depoimento para o horário eleitoral na TV.

Embora durante o culto, Valdemiro não tenha declarado abertamente o voto em Serra, segundo líderes da igreja, o apoio é certo. “Tem uma relação do Serra e minha com a igreja (Mundial), com todas as igrejas católicas e evangélicas. Mas nem deu para conversar. Saímos antes do final”, disse Kassab ao jornal Estado de São Paulo.

O prefeito já havia se reunido com os líderes da Mundial há cerca de duas semanas. José Olímpio Jr., filho do deputado, é candidato a vereador em São Paulo pelo PSD que Kassab lidera. No passado, Kassab foi criticado pela Mundial pelo fechamento do templo no Brás, entre 2009 e 2010. Pouco tempo depois, aproximou-se dos evangélicos e liberou o funcionamento da igreja.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A Igreja Renascer em Cristo também já foi apoiada pelo prefeito no passado, quando promoveu a Marcha para Jesus. Segundo a assessoria da Renascer, a igreja não escolheu seu candidato a prefeito, mas apoia um candidato a vereador do PSD e outro do PSDB.

O mesmo PSD de Kassab tem entre seus candidatos a vereador, David Soares, filho do missionário R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus.

Celso Russomanno que tem surpreendido nas pesquisas, concorre a prefeito pelo PRB, sigla com estreitas ligações com a Igreja Universal do Reino de Deus.

Fernando Haddad (PT) por enquanto não anunciou a adesão oficial de nenhuma igreja a sua candidatura. Para muitos pastores, ele ainda carrega a fama de ter criado o “kit gay’ quando foi Ministro da Educação de Dilma.

Com informações Estadão

Continua depois da publicidade