Siga-nos!

Política

Bolsonaro recebe ligação de Netanyahu e fará viagem a Israel

Presidente eleito foi convidado pelo presidente Donald Trump e também irá aos EUA em breve

em

Jair Bolsonaro, Donald Trump e Benjamim Netanyahu

Logo após ser anunciado como novo presidente do Brasil, na noite deste domingo (28) Jair Bolsonaro (PSL) recebeu um telefonema do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O mandatário americano comentou o assunto no Twitter hoje pela manhã, destacando que busca “trabalhar junto” com o capitão.

Nesta segunda, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM/RS), anunciado como futuro ministro da Casa Civil do governo Bolsonaro confirmou que as primeiras viagens internacionais do presidente eleito já estão definidas: Chile, Estados Unidos e Israel.

Ligação do governo de Israel

Na tarde desta segunda (29), a mídia israelense divulgou que a ida a Israel, uma promessa de campanha do peselista, deve ocorrer logo no início do mandato. Embora ainda não tenha falado sobre o assunto depois de eleito, desde o final do ano passado que Bolsonaro vem dizendo que pretende reconhecer Jerusalém como capital e transferir para lá a embaixada brasileira.

O primeiro-ministro Benjamin Natanyahu ligou para Bolsonaro, parabenizando-o e afirmou: “Estou confiante e acredito que sua eleição irá reforçar a grande amizade entre nossos povos e fortalecer os laços entre Brasil e Israel. Estamos aguardando sua visita a Israel!”

שוחחתי הערב עם הנשיא הנבחר של ברזיל, ז'איר בולסונארו, ובירכתי אותו על היבחרו לתפקיד. אמרתי לו שאני סמוך ובטוח שבחירתו תביא לידידות גדולה בין העמים ולהידוק הקשרים בין ברזיל לישראל. אנו מחכים לביקורו בישראל! ‏I spoke this evening with the president-elect of Brazil, Jair Bolsonaro. I congratulated him on his election victory. I told him that I am certain that his election will lead to a great friendship between our peoples and a strengthening of ties between Brazil and Israel. We are waiting for his visit to Israel!

A post shared by Benjamin Netanyahu נתניהו (@b.netanyahu) on

Cerca de meia hora depois, respondeu através do Twitter.  Além de agradecer os cumprimentos do premiê, afirmou: “Nossos laços de amizade se traduzirão em acordos onde nossos povos serão os maiores beneficiados”.

Segundo sua assessoria, o novo presidente permanecerá no Rio de Janeiro esta semana e deverá apresentar os nomes que integrarão a equipe de transição em 1º de novembro. A confirmação de seu roteiro de viagens internacionais depende ainda dos resultados da nova cirurgia, para análise de sua colostomia, a qual deverá ser submetido.

Publicidade