Siga-nos!

Israel envia soldados e equipe médica para ajudar nas buscas em Brumadinho

Forças de Defesa de Israel dizem que “a distância não importa quando há vidas para serem salvas”

em

Exercito de Israel em Brumadinho. (Foto: Reprodução/Twitter)

Após o rompimento da barragem em Brumadinho (MG), que deixou dezenas e mortos e centenas de desaparecidos, o governo de Israel decidiu enviar ajuda humanitária ao Brasil

Um avião com 130 soldados, que partiu de Jerusalém, chegará ao aeroporto de Confins (MG) perto das 23h deste domingo. Além de militares, o governo israelense enviará uma equipe médica, especialistas e engenheiros.

Com ampla experiência no socorro após desastres, as equipes estrangeiras ajudarão nas buscas, utilizando equipamentos desenvolvidos em Israel. Segundo o que foi anunciado, eles trazem cães farejadores e sonares usados em submarinos para localizar pessoas em grandes profundidades, com alta qualidade de recepção de imagem e detectores de vozes e ecos.

A missão será chefiada pelo embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley. Ele recebeu a incumbência do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, que conversou por telefone com o presidente Jair Bolsonaro por telefone neste sábado (26).

Em sua conta oficial no Twitter, as Forças de Defesa de Israel declaram que “a distância não importa quando há vidas para serem salvas, mas sim o quanto se está disposto a ir salvá-las”.

As comunidades judaicas de São Paulo e do Rio de Janeiro também se mobilizam para enviar ajuda às vítimas da tragédia em solo mineiro.

Publicidade