Siga-nos!

Israel

Israel bloqueia US$ 138 milhões da Autoridade Palestina por repasses a terroristas

Para o gabinete de Segurança de Israel os pagamentos estimulam ainda mais violência

Publicado

em

Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu


Neste domingo (17), o gabinete de Segurança de Israel bloqueou 138 milhões de dólares em transferências de impostos à Autoridade Palestina. Segundo um comunicado, a decisão é por conta de seus pagamentos aos prisioneiros detidos por ataques contra israelenses.

O texto assinado pelo gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu declara que o valor é o mesmo repassado pela Autoridade Palestina aos “terroristas presos em Israel, a suas famílias e aos prisioneiros libertados”.

O valor é referente ao pagamento de impostos por produtos palestinos importados. A retenção do montante já havia sido prometida por Netanyahu.

“É uma lei importante e iremos aplicá-la, como havia prometido”, declarou o primeiro-ministro.



Publicidade
Publicidade