Siga-nos!

Internacional

Isolado, líder do Irã ataca a Europa e nações se juntam aos Estados Unidos

Ali Khamenei sofre pressão para deixar o poder.

em

Líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei durante reunião em Teerã. (Foto: AFP)

O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã, atacou Alemanha, Reino Unido e a França, chamando-os de “lacaios dos Estados Unidos”, depois de os países europeus terem decidido impôr sanções contra a República islâmica por violar acordo nuclear de 2015.

“A ameaça dos governos francês e alemão e do governo britânico cruel de enviar o caso do Irã ao Conselho de Segurança provou mais uma vez que eles são os lacaios dos EUA”, disse Khamenei no Twitter.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda no Twitter, Khamenei afirmou que os países foram os que “ajudaram” o ditador iraquiano Saddam Hussein. “Esses três países foram os que ajudaram [o ex-ditador iraquiano Saddam Hussein] o máximo que puderam em sua guerra contra nós”.

Os três países acusaram formalmente o Irã de violar o acordo nuclear de 2015, que fora negociado na época do governo Obama, mas interrompido por iniciativa de Donald Trump, que viu brechas para o descumprimento.

Continua depois da publicidade