Siga-nos!

Política

Instituto para surdos ligado ao MEC tira do ar vídeos de esquerda

Assessoria garante que não houve ordem da direção para remover os vídeos, entre eles uma entrevista com Jean Wyllys

Avatar

em

Café com Pimenta - TV Ines. (Foto: Reprodução / Youtube)

A TV Ines (Instituto Nacional de Educação para Surdos), primeira emissora brasileira com programação em Libras, ligado ao Ministério da Educação, resolveu remover todos os vídeos que tratassem de temas associados à esquerda.

Entre eles os programas que tratavam de pensadores como Karl Marx, além de uma entrevista com o deputado federal Jean Wyllys, exibida em 2014. Também foram excluídos os vídeos sobre Friedrich Engels, Antonio Gramsci e Marilena Chaúi.

De acordo com o jornal O Globo, a denúncia sobre a exclusão dos vídeos no canal do Youtube da TV foi feita pelas redes sociais e a assessoria do Ines afirmou que não houve ordem da direção para a exclusão dos vídeos.

Publicidade