Siga-nos!

arqueologia bíblica

Instituto do Templo afirma ter novilha vermelha pronta para sacrifícios

Animal é visto como um “sinal do fim dos tempos” para “restaurar pureza da Torá”.

Michael Caceres

em

Novilha vermelha do Temple Institute (Reprodução)

A entidade judaica Temple Institute, responsável pelos preparativos para o retorno dos cultos no Templo em Jerusalém, vem realizando inspeções na novilha vermelha, afirmando que já estão prontos para iniciar as ofertas de sacrifícios com o animal.

O instituto já possui duas novilhas totalmente vermelhas, cujo nascimento foi anunciado há dois anos, após início do projeto “Raise a Red Heifer in Israel” (Uma novilha vermelha para Israel). Segundo a crença judaica, o nascimento da espécie após 2 mil anos representa um “sinal do fim dos tempos” e uma amostra de que a “pureza da Torá será restaurada no mundo”.

“Desde seu nascimento, os especialistas rabínicos do Temple Institute têm observado atentamente essas novilhas, em busca de qualquer cabelo não ruivo que possa brotar em uma delas ou qualquer ferimento leve que a novilha sofra, o que a desqualificará de ser uma novilha vermelha kosher (perfeita segundo a lei mosaica)”, informou o instituto.

Ao anunciar a inspeção das duas novilhas, os responsáveis afirmam que os especialistas acreditam que as duas estão perfeitas, mas que uma nova inspeção será feita de forma mais detalhada e se uma ou ambas as novilhas vermelhas permanecerem qualificadas, logo estarão prontos para avançar ao estágio de sacrifícios.

Este tipo de sacrifício está descrito em Números 19.2, que diz: “Este é o estatuto da lei, que o Senhor ordenou, dizendo: Dize aos filhos de Israel que te tragam uma novilha ruiva, que não tenha defeito, e sobre a qual não tenha sido posto jugo”.

“É maravilhoso imaginar que essas duas criaturas inocentes e desavisadas pudessem, em um futuro muito próximo, fazer Israel e o mundo avançarem para o próximo estágio da redenção e da construção do Templo Sagrado”, diz o site do instituto.

Trending