Siga-nos!

vida cristã

“Deus pede de nós lucidez”, afirma pastor

Mário Rui Boto ministrou na Inspire Brasil Online.

Michael Caceres

em

Pastor Mário Rui Boto (Reprodução / YouTube)

Líder da Hillsong Portugal, o pastor Mário Rui Boto foi o quarto palestrante da Conferência Inspire Brasil On-line e falou sobre lucidez para momentos de crise, com base na travessia do povo de Israel no Mar Vermelho.

Essa é a primeira vez que a Conferência Inspire é transmitida online em 18 anos. Por causa da pandemia, o evento presencial, que seria de 10 a 13 de junho, foi adiado para o próximo ano.

Na mensagem ministrada, o líder focou justamente na necessidade de a Igreja agir com “lucidez” diante da crise, usando como base a liderança de Moisés, com foco nos versículos de Êxodo 14.10-14.

Conclusões precipitadas

Mário começou apontando o erro no comportamento dos israelitas que, após terem sido tirados do Egito, se viram perseguidos pelo exército de Faraó e em situação de risco ao serem encurralados diante do Mar Vermelho.

O pastor ensinou que em situações de medo e pânico as pessoas falam o que não deveriam falar.

“Pessoas com medo e em pânico tiram conclusões que não são as mais certas”, disse. “Pessoas em pânico acabam por tomar decisões que não são as mais corretas”, continuou.

“Pessoas em pânico dizem coisas que não são as mais certas. Pessoas em pânico tiram conclusões precipitadas. E pessoas em pânico acabam por tomar decisões que geram arrependimento depois”, ensinou.

Lucidez em tempos de desafios

O pastor ensina que em um período onde Moisés está sendo pressionado e tendo de lidar com uma situação que fugia do seu controle, ele usou da lucidez. Para o líder da Hillsong Portugal, Deus está querendo que no meio de tantas incertezas os pastores liderem com lucidez.

“Eu não sei se é isso que Deus está a pedir de todos nós, pastores e líderes, para nós aprendermos a liderar no meio de tanto ruído, no meio de no meio de tanto medo, e tanto pânico, e tantas opiniões, e tanta gente a dizer tanta coisa, nós nos levantarmos e liderarmos com lucidez”, disse.

Mário enfatizou que não se trata de liderar com loucura, já que Moisés não foi louco, não se atirou nas águas do Mar Vermelho com o povo, nem tomou a decisão de enfrentar os exércitos de Faraó, pois sabia que isso era uma loucura. Ele lembra que o líder de Israel foi lúcido ao tomar a decisão correta para lidar com aquela situação.

“Ser lucido, é manter o equilíbrio. E como é que Moisés liderou com lucidez?”, questionou o pastor, lembrando que o líder israelita confiou naquilo que Deus havia dito para ele, lembrando de todos os milagres que Deus havia realizado para tirá-los do Egito.

Líderes lúcidos

Com base nesta revelação, o pastor afirma que os líderes cristãos devem manter o equilíbrio e a lucidez em meio a crise que o mundo vive, se mantendo confiantes naquilo que Deus lhes entregou e crendo na chamada que o Senhor tem para cada um e no propósito dEle para a Igreja.

Ele diz que Moisés manteve isso contra todas as circunstâncias, não se deixando dominar pela raiva, mas tomou como base a palavra que Deus lhe deu sobre a saída do Egito.

O pastor Mário Rui Boto diz que apesar de toda a pressão, os líderes devem buscar formas de se manter lúcidos em suas decisões.

Tempo de avançar

Mário Rui Boto ensinou ainda que o tempo de crise não deve ser motivo para retroceder, mas os líderes devem manter a posição de avançar, conquistando mais para o Reino de Deus, baseado naquilo que o Senhor prometeu, com todo o equilíbrio e lucidez.

Ele apontou ainda características daqueles que lideram com lucidez em tempos de desafios, como a capacidade de ver além dos obstáculos.

Mário ensina que Moisés conseguiu ver que adiante do Mar Vermelho, baseado na promessa de Deus.

“Que nós possamos ver não apenas o acontecimento, mas o propósito”, disse. “Não deixe que nada cegue o propósito que Deus tem pra ti e que Deus tem pra tua igreja“, continuou.

Trending