Siga-nos!

Política

Impeachment de Marcelo Crivella é rejeitado por vereadores do Rio

Parlamentares votaram que não houve crime em três denúncias contra o prefeito no mesmo caso.

em

Câmara do Rio. (Foto: Ari Peixoto/TV Globo)

O processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella foi arquivado nesta terça-feira (25) pelos vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O processo era referente as denúncias sobre a exploração do mobiliário urbano por empresas de publicidade.

Foram três horas de sessão e os vereadores aceitaram a sugestão da comissão processante que já tinha recomendado o arquivamento do caso. Segundo concluíram, Crivella não teve culpa nas irregularidades cometidas.

Das três denúncias apresentadas estavam que Crivella teria: omitido ou negligenciado na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do município sujeito à administração da Prefeitura; praticar contra expressa disposição de lei, ato de sua competência ou omitiu-se na sua prática; e proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo. A maioria dos vereadores votaram pela absolvição do prefeito em todas elas.

Segundo definiu a comissão especial, os erros cometidos foram feitos por servidores durante a renovação de contrato com empresas que administravam anúncios no mobiliário urbano. A Prefeitura do RJ terá que devolver R$ 68 milhões pela suspensão dos acordos, valor que havia sido adiantado às empresas.

Publicidade