Siga-nos!

Sociedade

“Imagem de Lula” em folheto de missa gera críticas nas redes sociais

Editora nega que se trate de algum tipo de “homenagem”

em

Jesus e Lula

Com as sucessivas denúncias de “aparelhamento” político de movimentos dentro da Igreja Católica e com alguns padres e bispos se lançando na defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), muita gente anda desconfiada do que acontece quando a política entra no espaço de culto.

Nos últimos dias, uma imagem de um folheto distribuído em missas pelo Brasil vem chamando a atenção dos internautas. Como é comum nas redes sociais, alguém faz uma “denúncia” e muitos compartilham sem tentar verificar antes a veracidade da informação.

A imagem de um homem barbudo conversando com Jesus foi identificada por milhares de pessoas com a figura de Lula. Porém, a editora Editora Paulus, responsável pela produção do Semanário Litúrgico-Catequético, nega que haja teor político.

Trata-se de uma ilustração do artista italiano Stefano Pachi, que mostra uma representação do encontro de Jesus com Nicodemos, narrada em João capítulo 3. A figura ilustra o missal “O Domingo”, preparado para o quarto domingo da Quaresma, e distribuído em centenas de igrejas no último domingo (11).

Algumas postagens alegam que o desenho é algum tipo de “propaganda subliminar”. “Hoje fui à missa e me deparei com essa foto de Jesus Cristo batendo um papo com o Lula”, reclamou um internauta numa publicação em rede social com muitos compartilhamentos.

Indignados com o que consideram uma afronta, alguns divulgaram uma montagem do panfleto com o perfil de Facebook do redator do livreto, afirmando que ele estava promovendo o petista.

O padre Nilo Luza, que assina a elaboração do material, foi chamado inclusive de herege. A maioria dos católicos reclamavam de sua tentativa de “divulgar o comunismo na igreja de Jesus”.

Em diversas ocasiões, Lula se comparou com Jesus, mas nunca com Nicodemos. Mesmo assim, a instrução do Salvador para o líder religioso se aplicaria perfeitamente nesse caso: “Necessário vos é nascer de novo”.

Nota da editora

A Paulus Editora no Brasil, responsável pela impressão do folheto, publicou um desmentido,  alegando que segue a linha editorial da Itália, inclusive com a mesma publicação, no último domingo (11).

A figura de Nicodemos, apresentado como um idoso de barba branca, guarda alguma semelhança com Lula, mas não é possível afirmar que seja algum tipo de “homenagem”.

“Como informado na seção de créditos do folheto O DOMINGO, nº 12, de 11/3/2018, a imagem que retrata um diálogo entre Jesus e Nicodemos é uma ilustração do artista italiano Stefano Pachì, produzida há mais de dois anos, e não faz qualquer alusão à figura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, diz a nota da Paulus. Com informações Estado de Minas

Publicidade