Siga-nos!

Internacional

Imã clama para que Alá “aniquile todos os judeus”

Ammar Shahin é pregador de um centro islâmico nos Estados Unidos

Avatar

em

Amar Shahin, um pregador islâmico, fez um sermão na última sexta-feira (21) no Centro Islâmico de Davis Masjid, localizado na Califórnia. Na ocasião, o líder fez uma oração pedindo que Alá matasse todos os judeus.

O vídeo, que foi compartilhado e traduzido pelo de Pesquisas de Mídia do Oriente Médio (MEMRI), chamou a atenção pelo discurso e pelos detalhes ditos por Amar, o orador.

“Oh Alá, nos mostre o dia negro em que você irá lhes infligir, e as maravilhas de sua capacidade. Oh Alá, os conte um por um e aniquile até o último [judeu]. Não poupe nenhum deles”, disse o líder, de acordo com o Jerusalem Post.

Shahim disse também que o hádice, que é o conjunto de leis, lendas e histórias sobre a vida do profeta Maomé não demonstra onde acontecerá a chamada ‘batalha final’ que os envolve.

“Não sabemos se é na Palestina ou em outro lugar. Quando essa guerra explodir, os judeus vão correr e se esconder atrás de cada pedra, casa, parede e árvore”, afirmou Amar.

O líder também fez referência a Mesquita de Al-Aqsa, localizada em Jerusalém e alvo recente de controvérsia pela implantação dos detectores de metal contra ações terroristas.

“Oh Alá, liberte a Mesquita de Al-Aqsa. Oh Alá, faça isso acontecer por nossas mãos. Vamos desempenhar um papel neste processo”, disse Amar, que ainda chamou a presença de judeus como “imundície”.

Amar Shahin nasceu no Egito e foi para os Estados Unidos da América (EUA) em 1999, onde se graduou na área tecnológica de computadores. Licenciado em Estudos Islâmicos, é instrutor do Instituto Islâmico Zidani, cujo ensinamento do islã sunita é dado na região.

Jornalista pela Universidade Federal de Goiás, é autor de textos pelo Gospel Prime desde 2016.

Publicidade