Siga-nos!

mundo

Igrejas autorizadas pelo regime chinês exortam membros a amar o Partido Comunista

PCC se aproveita de celebrações para espalhar mensagens benéficas do partido através de instituições religiosas.

em

Xi Jinping e Mao Tse-tung
Xi Jinping e Mao Tse-tung (Foto: Reprodução/Bitter Winter)

Comemorando o centésimo aniversário do Partido Comunista Chinês (PCC), no próximo 1º de julho, as organizações religiosas e igrejas filiadas ao governo da China estão elogiando o partido em diferentes plataformas, passando uma imagem agradável.

Assim, as instituições religiosas que são apoiadas pelo Estados, organizam atividades para o evento, além de encorajar os religiosos a estudar história do partido e participar de uma “peregrinação”, segundo o International Christian Concern (ICC).

Em Jiangbei, Chongqing, a Associação Católica Patriótica Chinesa (CPCA, sigla em inglês), fez recentemente um “agradecimento e louvor pela peregrinação do Partido Comunista Chinês em homenagem a Santa Maria”.

Além disso, a CPCA visitou várias igrejas na região, onde se reuniram em uma delas para uma “Missa de Benção do PCC”.

Líderes religiosos elogiam o PCC

O serviço foi presidido pelo padre Ding Yang, que disse que a igreja deve ficar unida organicamente com amor à celebração, amor ao país, amor ao socialismo e a ,  e que deve falar sobre política enquanto fala de fé de acordo com a lei.

Liu Yanlong, vice-presidente da CPCA e membro do Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, compartilhou que “Deus escolheu o Partido Comunista Chinês”, em uma mensagem de comemoração. Uma tática usada pelo PCC para promover sua própria agenda.

Além disso, Liu citou Provérbios 11:14, que diz que uma nação se desfaz por falta de entendimento, mas com muitos conselheiros ela é vitoriosa, segundo o jornal chinês Apple Daily.

Na sequência, ele exortou os frequentadores da igreja a “ouvir” e “seguir”, o autoritário PCC, liderado por Xi Jinping, pois Liu concorda que o país precisa de uma “liderança central forte”.

Segundo o analista político independente, Wu Qiang, o partido está se aproveitando do aniversário para aumentar o seu controle sob as cinco religiões principais, o catolicismo romano, protestantismo, budismo, taoísmo e islamismo, informou o Christianity Daily.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending