Siga-nos!

Sociedade

Igreja Universal auxilia familiares e amigos, após massacre em Altamira

Voluntários levaram água, alimentos, palavra de consolo e exemplares da Bíblia

em

Grupo da IURD em Altamira. (Foto: Universal.org)

A grande rebelião no presídio de Altamira (PA) deixou 58 vítimas, um massacre que trouxe dor e sofrimento a familiares e amigos de detentos que foram amparados por um grupo de voluntários da Igreja Universal do Reino de Deus.

O grupo Universal nos Presídios (UNP) armou uma tenda com água, alimentos, entre outros recursos para apoiar as pessoas que se posicionaram em frente à penitenciária na expectativa de informações de seus parentes ou amigos que estão presos no Centro de Recuperação Regional de Altamira.

“É um local muito distante da área urbana de Altamira. Não tem alimento, não tem água, não tem comércio. As famílias estão desprovidas, aguardando informações. Tem pais, mães, esposas, amigos que esperam uma notícia”, declarou o pastor Maurício Carraro que é responsável pelo trabalho evangelístico na região.

Enquanto as famílias aguardavam por informações, os integrantes do grupo UNP oraram pelas pessoas e leram trechos bíblicos, com o intuito de transmitir consolo e ânimo. “O grupo UNP está aqui, para prestar solidariedade para essas famílias e também para as forças de segurança”, completou ao site Universal.org.

O trabalho dos voluntários foi parabenizado pelo secretário da pasta de Saúde do Estado (SESPA), Maurício Miranda do Nascimento, que destacou a importância desse tipo de ajuda em uma hora tão delicada. ” Parabenizo a Universal por, de imediato, ter dado assistência para as famílias. A SESPA também enviou médicos, enfermeiros e psicólogos para atender as famílias neste momento tão difícil”, disse ele.