Siga-nos!

Sociedade

Igreja Presbiteriana realiza culto ecumênico na porta da escola em Realengo

Padres e pastores se uniram com cerca de 200 pessoas para orar pelas famílias das vítimas. Também houve protesto silencioso em Copacabana

em

No domingo, 10, aconteceu um culto ecumênico em frente a escola municipal Tasso da Silveira em homenagem as 12 vítimas do massacre que aconteceu na última quinta-feira, no bairro do Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro.

O culto que contou com a presença de pastores e padres, foi organizado pela igreja Presbiteriana local que tem prestado assistência aos sobreviventes e familiares das vítimas desde o dia do ataque. Cerca de 200 pessoas participaram.

Também no domingo aconteceu uma passeata na praia de Copacabana em homenagem às vítimas de Wellington Menezes de Oliveira. O movimento Rio de Paz colocou 12 bandeiras do Brasil manchadas de tinta vermelha, simbolizando o sangue das crianças.

O objetivo do protesto silencioso foi “fazer as autoridades refletirem sobre o combate ao tráfico de armas e munições”, segundo as palavras do presidente da entidade, Antonio Costa.

As bandeiras ficaram nas areias da praia de Copacabana, em frente à Avenida Princesa Isabel, até as 18h do domingo.

Durante a noite houve outro culto ecumênico na porta da escola.

Fonte: Gospel Prime

Publicidade