Siga-nos!

Internacional

Igreja da Cientologia lançará estação de TV

Seita de famosos estaria morrendo, afirmam especialistas

em

A Igreja da Cientologia, religião que possui seguidores famosos como os atores Tom Cruise e John Travolta, planeja iniciar um centro de radiodifusão para promover os seus ensinamentos usando rádio, televisão e internet.

O centro, localizado próximo à sede da igreja, em Hollywood, iria ocupar um imóvel de quase cinco hectares que a igreja comprou no ano passado em Los Angeles por US$ 42 milhões. O objetivo é popularizar os ensinamentos dessa religião que se baseia nos panfletos e livros de seu fundador, L. Ron Hubbard.

“A igreja planeja estabelecer um centro de mídia para apoiar nossa crescente rede mundial de igrejas e investir na produção de televisão e radiodifusão religiosa”, disse Karin Pouw, porta-voz da Igreja da Cientologia Internacional, em um e-mail. Ainda não há uma data definida para a emissora começar as transmissões.

A TV Cientologia deve seguir os padrões adotados por emissoras evangélicas que geram conteúdo próprio e os reproduzem em diferentes canais ao redor do mundo. No momento, a Igreja da Cientologia já compra horários em algumas redes de TV ao redor do mundo.

Rick Ross, estudioso que mantém um arquivo on-line apenas com dados sobre seitas e movimentos polêmicos afirma: “Hollywood é um importante pólo para o talento criativo e alguns deles são cientologistas. Eles têm um monte de gente talentosa que poderiam produzir shows e usar a imagem de estrelas como Tom Cruise”.

Elayne Rapping, especialista em cultura pop e professora de mídia na Universidade de Buffalo, disse que não está surpresa com a iniciativa da igreja. “Ter a sua própria TV é uma boa ideia, pois eles podem manipular as coisas a sua maneira. Eles estão atrás de divulgação e com isso podem controlar a má publicidade em torno deles vinda de outras mídias.”

Ter nomes como Cruise e Travolta associados à igreja é uma faca de dois gumes, afirma Rapping. Toda vez que eles se envolvem em algum problema, a imagem da igreja é imediatamente lembrada.
Tom Cruise é uma das maiores estrelas do cinema, mas seu divórcio da atriz Katie Holmes gerou especulações de o motivo da separação do casal ser justamente a educação religiosa de sua filha de 6 anos de idade, Suri. Katie conseguiu um mandato judicial que garante que a filha nunca poderá ser levada pelo pai a uma reunião da Cientologia.

John Travolta recentemente teve fotos suas divulgadas beijando um outro homem, que serviram para alimentar suspeitas de sua opção de vida homossexual, algo que esconderia justamente por que contraria os ensinamentos da Cientologia.

Um dos motivos apontados por especialistas para o investimento em TV é que a Igreja da Cientologia está morrendo. Segundo sua página oficial, existem 10 milhões de seguidores em todo o mundo.

Benjamin Beit-Hallahmi, professor de psicologia e uma autoridade respeitada no assunto, questiona “Mas quantos deles são realmente membros? A cientologia é uma organização criminosa com fins lucrativos”, acusa. “A tática é fazer com que as pessoas se viciem. E o primeiro passo são os testes de personalidade, uma farsa completa.” Depois disso, os interessados fazem cursos (pagos) e, automaticamente, passam a ser considerados membros da cientologia.

“O número real de seguidores tem caído acentuadamente”, observa Stephen Kent, professor de sociologia da Universidade de Edmonton. Nos EUA, por exemplo, existem agora 25 mil cientologistas. Eram cerca de 55 mil em 2001. Pessoas que deixaram a seita garantem que seus prédios estão vazios. “Quase todas as religiões morrem muito rapidamente” diz Kent. “Independentemente de a cientologia ser mesmo uma religião, ela está seguindo esse padrão”.

Antigos membros da igreja acusam o grupo de ser uma seita e alegaram que a Cientologia os obrigou a se afastarem de suas famílias e ter tirado seu dinheiro, entre outras coisas. A igreja nega tais acusações.