Siga-nos!

Internacional

Igreja cria presépio com Maria, José e Jesus separados em jaulas

Exibição é uma crítica à política de combate a imigrantes ilegais feitas por Donald Trump.

em

Presépio de jaulas da Igreja Metodista. (Foto: Reprodução / Facebook)

A Igreja Metodista de Claremont, na Califórnia (EUA), resolveu protestar através do presépio chamando atenção para a situação de refugiados e imigrantes ilegais.

Para isso, ela resolveu dividir a Sagrada Família em jaulas, colocando Maria, José e o menino Jesus presos em gaiolas.

Instalado diante da própria igreja, as imagens chamaram a atenção da imprensa local e internacional por ser uma crítica clara à política do presidente Donald Trump que visa combater a imigração ilegal nos EUA.

O presépio representa as inúmeras denúncias de crianças que foram separadas de seus pais e isoladas até que a Justiça determinasse se elas ficariam no país onde nasceram ou se seriam extraditadas junto com seus pais.

A pastora da igreja, Karen Clark Ristine, disse à CNN que Maria, José e Jesus formam a “mais famosa família de refugiados do mundo”, deturpando mais uma vez o termo refugiado para se encaixar na narrativa.

Dentro da igreja, porém, há um presépio tradicional com as imagens juntas.

  • Estudos Bíblicos 1 dia atrás

    Especialista em pregação bíblica ensina elaborar sermões impactantes em 30 dias