Siga-nos!

mundo

Grupo diz ter evidências de 30.000 eleitores irregulares nas eleições dos EUA

Evidências de fraudes são encontradas em investigação sobre eleições dos Estados Unidos de 2020.

em

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Reprodução/White House)

Um grupo ativista em Wisconsin que investiga as alegações de fraude eleitoral de Trump disse ter evidências de cerca de 30.000 eleitores fantasmas no estado. Três investigações separadas sobre a eleição de novembro de 2020 estão em andamento em Wisconsin, sendo todas elas apoiadas por líderes republicanos.

Os inquéritos incluem uma ampla investigação apoiada por Robin Vos de Rochester, presidente da Assembleia Republicana, uma “auditoria forense” pelo deputado republicano Janel Brandtjen de Menomonee Falls, e uma revisão pelo departamento de auditoria do estado que foi ordenada pelo Legislativo estadual controlado pelo Partido Republicano.

O mais importante dos inquéritos seria a investigação desencadeada pelo Presidente Vos, que tem um orçamento de cerca de 700.000 dólares e está sendo liderado por Michael Gableman, ex-juiz conservador da Suprema Corte Michael Gableman.

“Damos nossa palavra de que estamos fazendo tudo o que podemos para descobrir o que ocorreu em 2020”, prometeu Vos de acordo com Chistianity Daily.

Além do Partido Republicano, grupos de ativistas e cidadãos preocupados de Wisconsin  divulgaram um telegrama exigindo respostas dos funcionários eleitorais do estado sobre por que haviam 23.000 indivíduos nas funções eleitorais do estado, os quais possuem o mesmo número de telefone.

Relatórios anteriores indicam que mais de 82.000 cédulas de correio do estado também foram não contabilizadas, sendo esse número mais de quatro vezes a suposta vantagem de Biden sobre Trump no estado, efetivamente colocando em questão a suposta vitória do democrata.

Trump disse em declaração que a auditoria havia encontrado evidências de eleitores fantasmas, ou eleitores que apareceram do nada e depois desapareceram tão rapidamente quanto apareceram, bem como eleitores que votaram em diferentes condados.

“Enormes descobertas no Arizona! No entanto, a Mídia de Notícias Falsas já está tentando prognosticar novamente para Biden antes de realmente olhar os fatos, assim como fizeram em novembro! Este é um grande evento criminoso e deve ser investigado pelo procurador-geral imediatamente”, declarou Trump.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending