Siga-nos!

mundo

Governo do Reino Unido deve agir contra genocídio na China

Emenda pede que país considere direitos humanos para acordos econômicos.

em

Ilustração de homem preso China AID
Ilustração de homem preso (Foto: Reprodução/China AID)

A organização Portas Abertas está trabalhando em apoio as tentativas de constranger o governo do Reino Unido a levar os direitos humanos em consideração em seus acordos comerciais com outros países, através da chamada “Emenda Genocídio”.

A proposta de emenda à Constituição foi apresentada por Lord Alton para ser implementada na Lei Comercial do Governo. A ideia do político é que os tribunais britânicos passem a avaliar se um país está cometendo genocídio antes de entrar nos acordos comerciais com o Reino Unido.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Isso forçaria o governo a revisar todos os acordos comerciais, incluindo os assinados com a China, tendo em vista o tratamento que dão as minorias e a repressão imposta contra Hong Kong. Para o porta-vos da organização Portas Abertas no Reino Unido, Dr. David Landrum, o governo deve “parar de fechar os olhos ao genocídio”. 

“O extermínio deliberado de todo um grupo de pessoas é um extraordinário ato de maldade”, disse ele. “Se afirmamos valorizar a bondade e a justiça, isso exige uma resposta.”

A aprovação da emenda definiria “uma declaração de intenções para o papel do Reino Unido na proteção dos direitos humanos globalmente”, continuou ele. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Se a emenda for aprovada, permitirá que nosso país identifique o genocídio e nos obrigará a fazer algo a respeito. Do jeito que as coisas estão, não temos um mecanismo para determinar se o genocídio está acontecendo e quem é cúmplice dele“, explicou

De acordo com o Christian Today, a Portas Abertas está pedindo aos apoiadores que escrevam aos seus parlamentares antes da votação de terça-feira para exortá-los a apoiar a emenda. O Dr. Landrum disse que os parlamentares não devem ser influenciados por questões econômicas.

“Está claro que o impacto econômico não será nada parecido com o que custou à economia do Reino Unido abolir a escravidão”, disse ele. “Como os abolicionistas, temos a oportunidade de fazer a coisa certa. É hora de parar de fechar os olhos ao genocídio. Espero que passemos neste teste moral”, continuou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

 

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending