Siga-nos!

Mundo Cristão

Governo do Nepal destrói torre de oração construída por cristãos

O país ocupa o 32º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019

em

Nepal. (Foto: Portas Abertas)

Em mais um ataque contra a liberdade religiosa, o governo do Nepal destruiu a “Torre de Oração Batase”, construída em uma floresta no município de Nawalparasi, no início desse mês.

O local era usado para cultos e orações, sendo composto por seis ou sete pequenas cabanas de madeira, segundo informações de parceiros locais da organização Portas Abertas.

Para justificar a demolição, o governo declarou que não havia permissão para a construção nessa área da floresta. Mas os líderes da igreja tinham a permissão dos funcionários do Ministério da Floresta e a área também tem mosteiros e templos budistas construídos no mesmo local.

A demolição aconteceu de repente, sem qualquer aviso prévio. “Eles sequer permitiram que fizéssemos fotos ou vídeos durante a destruição das cabanas”, revelam os cristãos.

A medida do governo não é isolada, as autoridades no Nepal tem perseguido cada vez mais os cristãos.

O medidor de perseguição no Nepal vem aumentando, e os parceiros da Portas Abertas no Nepal registraram 36 incidentes nos primeiros 4 meses. Desses, 6 casos são de pessoas sendo forçadas a sair de casa por causa de sua fé, 3 incidentes de boicote social, 4 de abuso físico e 2 casos de detenção pela Polícia, todos por causa de sua fé cristã.

Prisões por motivos fúteis, acusações infundadas, entre outras situações são divulgadas para exemplificar o sofrimento dos seguidores de Cristo naquele país.

Por esses e outros casos, o Nepal ocupa o 32º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019, que classifica os 50 países que mais perseguem cristãos no mundo. O país de maioria hinduísta tem cerca de 29,6 milhões de habitantes. Destes, 66,5% é hinduísta, e 4,1% é cristão.

Publicidade