Siga-nos!

justiça

Gilmar Mendes dá 10 dias para Bolsonaro explicar acusação de fraudes em urnas

Partido Rede Sustentabilidade pele multa de 100 mil reais ao presidente.

em

Ministro Gilmar Mendes

Nesta quinta-feira (24) o ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal (STF), deu dez dias para o presidente Jair Bolsonaro apresentar informações sobre as várias declarações que fez sobre fraudes na eleição.

A ação foi movida pelo partido Rede Sustentabilidade, legenda da oposição ao governo, que entrou com o pedido ao Supremo para multar Bolsonaro em 100 mil reais caso ele não apresente as provas das alegações sobre o sistema de votação eletrônico.

Como de costume, Gilmar também abriu um prazo para a Procuradoria Geral da República (PGR) se manifestar sobre o processo.

Além da multa, o partido pediu que o presidente e seus assessores fossem proibidos de falar publicamente sobre a existência de fraudes eleitorais no Brasil, sob pena de crime de desobediência.

O ministro Luís Felipe Salomão, corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), também pediu ao presidente da República explicações sobre o assunto no início desta semana.

Salomão também determinou que fosse aberto um procedimento administrativo para apurar se existe ou não informações concretas que possam ter comprometido os pleitos de 2018 a 2020, além do pedido de explicações, segundo a AE.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending