Siga-nos!

Sociedade

Ministro é vaiado na Marcha para Jesus ao dizer que representava Dilma

Este ano o evento religioso ganhou discursos políticos vindo não só dos convidados como do povo que saiu com faixas falando sobre a educação e a saúde.

Avatar

Publicado

em

Publicidade


Os milhares de participantes da 21ª Marcha para Jesus, que aconteceu neste sábado (29) em São Paulo, vaiaram o ministro da Secretaria-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, que subiu ao palco dizendo que representava a presidente Dilma Rousseff.

O evento religioso acabou ganhando tons políticos antes mesmo de chegar na concentração, ao longo do trajeto alguns fiéis levantaram faixas com dizeres como: “contra a corrupção/Jesus é a solução”, “Jesus é dez. Educação e saúde é (sic) zero” e outras.

Publicidade

Leia mais...

O ministro foi questionado pelos jornalistas sobre o que achou da vaia recebida e afirmou que a atitude dos evangélicos foi uma “coisa normal”. Naquele mesmo dia uma pesquisa do DataFolha foi divulgada dizendo que a avaliação positiva do governo despencou 27 pontos percentuais em um período de apenas três semanas.

Além do ministro também estavam presente o ex-prefeito Gilberto Kassab, atual presidente do PSD, o senador Magno Malta (PMDB-ES) e o deputado Marco Feliciano que foi vestindo uma camiseta que na frente tinha o logo do evento e nas costas a frase “Eu represento vocês”.

Publicidade

Ao contrário de Gilberto Carvalho, Feliciano foi ovacionado sem nem mesmo ter a oportunidade de falar com os manifestantes. Ao lado de Silas Malafaia, o parlamentar realizou o percurso da Marcha no trio elétrico do casal Estevam e Sônia Hernandes, que são os organizadores do evento.




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


37 Comentários

Publicidade





    Publicidade
    Publicidade

    Trending