Siga-nos!

igreja

Geração Z considera que a fé foi importante na pandemia, diz pesquisa

Estudo foi divulgado por escritório especializado em liberdade religiosa.

Michael Caceres

em

Jovens orando
Jovens orando (Foto: Karlyukav/Freepik)

Os americanos da geração Z (pessoas nascidas no início do século XXI), tiveram a como suporte durante a pandemia mais do que outras pessoas, de acordo com um relatório feito pelo escritório de advocacia Becket, que tem como nicho as questões de liberdade religiosa.

O relatório foi divulgado na semana passada pela Becket como seu segundo relatório anual de Índice de Liberdade Religiosa, que teve como objetivo analisar as opiniões das pessoas nos Estados Unidos sobre as questões relacionadas à liberdade religiosa.

No relatório, 74% do entrevistados da geração Z achavam que a fé era “pelo menos um pouco importante” durante a pandemia, colocando-os acima da média de 62% de todas as gerações.

Em segundo lugar ficou os nascidos antes do final da Segunda Guerra Mundial, a geração silenciosa, como mais propensos em considerar a fé “pelo menos um pouco importante” totalizando 64%, já a geração X, nascidos após a segunda grande guerra marcaram a pontuação mais baixa, com 56%.

De acordo com o Christian Post, pesquisa também avaliou questões de práticas religiosas durante a pandemia da covid-19 e as restrições impostas para os locais de culto, concluindo que a geração Z também considera a fé “extremamente importante”.

Dos entrevistados com a maior probabilidade de considerar a fé “extremamente importante”, a Geração Z aparece com 51% de afirmação. A geração do milênio, conhecida também como geração Y, teve a pontuação mais baixa nesse quesito, com 31%.

Caleb Lyman um dos editores do relatório disse que “será fascinante ver como a religiosidade da Geração Z e como eles são iguais ou diferentes das gerações anteriores e das gerações que os seguem irão mudar e se desenvolver ao longo do tempo”.

Jaqueline Rivers diretora do Instituto Seymour da Igreja Negra e Estudos de Política, disse que possivelmente a geração anterior, a do milênio, começou a rejeitar a fé, então a próxima geração que surge vê as limitações disso, e que a medida de vãos envelhecendo vão havendo mudanças nas gerações.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending