Siga-nos!

opinião

Frustrações

A frustração é o incomum privilégio de quem se move, mas só quem se move pode experimentar o extraordinário.

William Douglas

em

Jovem olhando pelas janelas. (Naqi Shahid / Unsplash)

É muito duro ver suas esperanças e expectativas ruírem diante de seus olhos. Muitos estão, em meio a essa pandemia, experimentando perdas significativas. Sobre isso, quero trazer a memória outra ocasião de perdas imensas.

Imagine alguém ter que assistir a destruição do objeto de sua ou alegria. Imagine aquelas mulheres, seguidoras de Jesus, impotentes assistirem  sua dolorosa e traumatizante crucificação ?

Esperanças perdidas. Rei morto.

Nada obstante, no primeiro dia da semana, essas mulheres juntaram forças e, munidas de especiarias aromáticas , foram ao sepulcro onde duas novas decepções as aguardavam. Primeiro, pedra removida; segundo, túmulo vazio.

As homenagens e afetos com o corpo daquele homem incomum não poderiam ser feitas. Nem mesmo isso lhes restou. Tudo perdido: sem Rei, sem líder, sem sequer poder fazer seus rituais póstumos. Uma frustração atrás de outra.

Não deixe de perceber, leitor, a coragem e a iniciativa dessas mulheres. Repare a lealdade e devoção. Venceram a dor, prepararam as especiarias e logo cedo foram à luta. Não ficaram apenas chorando: fizeram alguma coisa.

E o que ganha quem faz alguma coisa? Muitas das vezes, mais bomba. Entenda: apenas quem se importa pode se frustrar, apenas quem espera pode ver malograda sua expectativa, apenas quem age pode errar.

A Bíblia diz que depois de passar pelo fogo do metal precioso sai uma joia.  Não ache que os melhores serão poupados. Não! Neles, mais fogo. O metal ruim se perde cedo e não experimenta transformação positiva alguma.

Por isso, não tenha medo de sonhar, trabalhar e buscar, não tenha medo de se decepcionar ou frustrar, não tenha medo do fogo. Tenha apenas medo de não fazer nada. Água parada apodrece.

A frustração é o incomum privilégio de quem se move, mas só quem se move pode experimentar o extraordinário.

Pois bem: justamente quem superou a primeira e enorme frustração e teve coragem de ir ao sepulcro… teve mais duas decepções. Eis o prêmio do esforço. O primeiro prêmio, pois houve ainda outro.

O segundo prêmio foi saber que o túmulo vazio não tinha sido resultado de um furto do cadáver, mas da ressurreição do Cristo. Apenas quem levantou de madrugada para ir honrar sua fé pode ver os dois anjos em vestes resplandecentes e ouvir a mensagem que eles tinham.

Apenas quem se expôs após à tragédia soube, de primeira mão, do fato mais espetacular da história: aquelas mulheres, que se expuseram e enfrentaram  frustrações em sequência, foram as que viveram a primeira notícia de que alguém voltou da morte e trouxe vida para todos.

Desse episódio, extraio algumas lições laicas e outras espirituais.

As laicas: 1, saiba que tudo pode ruir de uma hora para outra, numa crucificação; 2, não desanime, prepare as especiarias e comece a fazer, já cedinho, aquilo que pode ser feito; 3, prepare-se para novas decepções, não tenha medo; 4, prepare-se para surpresas, pedras roladas e túmulos vazios; 5, ao agir, prepare-se para ver anjos e o sobrenatural; 6, tenha mulheres na sua equipe; 7, lembre-se que apenas quem passa pelo fogo vira joia preciosa.

Eu não sei o que você perdeu: emprego, empresa, relacionamento, saúde, mas eu creio (e isso é uma lição laica!) que da tragédia pode ressurgir algo. Ou uma ressurreição ou algo novo, desde que você não desista. Como diria Tom Hanks na pele do náufrago: Continue respirando, pois não sabemos o que a maré trará amanhã. E prepare suas especiarias.

As espirituais: as horas de maior sofrimento podem nos fazer esquecer das coisas básicas. Jesus já tinha dito, antes de ir para Jerusalém, que seria crucificado (Lucas 18. 31,33).

Não foi um acidente, foi intencional! Estava prometido. Esse mesmo Jesus diz que no mundo teremos aflições, mas devemos ter paz pois ele venceu o mundo  (João 16.33).

A Páscoa foi por querer e ela nos assegura que nossa esperança não é vã. Jesus encarnou, morreu e ressurgiu. Nada é mais poderoso do que isso e Ele nos ama.

Eu não sei o que você perdeu: emprego, empresa, relacionamento, saúde, mas eu creio (e isso agora é uma lição espiritual) que aquele que ressuscitou da morte pode ressuscitar também todas as coisas.

Ou uma ressurreição ou algo novo, mas algo de bom Deus tem para você. Mas você precisa não desistir e deixar Jesus ajudar. Sugiro que leia Lucas 24 e reveja a história da ressurreição.

Não sei quais lições você irá colher para esse dia e esse momento, mas qualquer que seja sua escolha, desejo uma boa páscoa.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Juiz Federal, Titular da 4ª Vara Federal de Niterói (RJ) com vários prêmios de produtividade. Professor Universitário. Mestre em Direito, pela Universidade Gama Filho – UGF. Pós-graduado em Políticas Públicas e Governo – EPPG/UFRJ. Bacharel em Direito, pela Universidade Federal Fluminense – UFF. Autor best-seller no Brasil e nos Estados Unidos.

Trending