Siga-nos!

brasil

Flordelis e outros nove acusados pela morte de pastor vão a júri popular

Os desembargadores negaram recursos aos acusados sobre o julgamento.

em

Anderson do Carmo e Flordelis. (Foto: Reprodução)

Nesta terça-feira (28), a Justiça do Rio de Janeiro confirmou que a ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza e outros nove acusados de se envolverem na morte do pastor Anderson do Carmos serão submetidos a júri popular.

A vítima era marido de Flordelis e foi morta em casa, em junho de 2019, na cidade de Niterói, logo depois de estacionar o carro acompanhada da esposa.

A decisão é da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. Os desembargadores negaram os recursos da ex-deputada, seus filhos biológicos Adriano, Flávio e Simone, os filhos adotivos Carlos Ubiraci e Marzy, além de sua neta Rayane.

A 3ª Vara Criminal de Niterói também anunciou que André Luiz de Oliveira, outro filho adotivo, o ex-PM Marcos Siqueira Costa e sua esposa Andrea Santos Mais, também vão a júri popular.

O Júri

Para o julgamento com júri popular, o juiz convoca 21 pessoas entre as que se voluntariaram, desta lista sete pessoas são sorteadas para formar o júri. Conforme os nomes vão sendo divulgados tanto a defesa quanto a acusação podem aceitar ou recusar.

Promotor e advogado podem recusar até três jurados cada um.

Enquanto o julgamento estiver acontecendo, os participantes do júri devem comer e dormir no próprio Fórum, sem nenhum acesso às informações externas, segundo a Agência Brasil.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending