Siga-nos!

sociedade

Felipe Heiderich assume bissexualidade e namoro com youtuber

Ex-marido de Bianca Toledo assumiu relacionamento em entrevista.

Avatar

em

Felipe Heiderich e Bruno de Simone
Felipe Heiderich e Bruno de Simone (Foto: Reprodução/Facebook)

Depois de ser absolvido pela Justiça da acusação de pedofilia pela pastora Bianca Toledo, sua ex-mulher, Felipe Heiderich agora se assumiu bissexual e iniciou um namoro com o youtuber Bruno de Simone. Afastado da igreja, ele abriu mão do título eclesiástico de pastor.

Ao O Dia, Heiderich afirmou não se considerar homossexual, “me considero bixexual, porque sinto atração por mulheres”, disse. A revelação causou espanto nas redes sociais, já que ele tinha um ministério ativo na pregação do Evangelho.

Na entrevista, o ex-pastor é questionado sobre o motivo de ter negado anteriormente que era gay. Ele responde não era gay, que foi criado na roça pela avó e sempre teve “um jeito mais educado ou delicado”, mas que sempre teve namoradas.

“Assim como depois da tragédia que vivi e comecei a repensar na vida, sempre deixei claro que se algum dia me apaixonasse por alguém, seja homem ou mulher, eu tornaria isso público”, disse.

Quando questionado sobre como contou para sua família e se foi aceito, ele admite que por ser uma família cristã “ainda existe o conceito do pecado”, mas que ao contar seus irmãos foram tranquilos. Ele disse que sua mãe ainda está em choque pela revelação.

Sobre a acusação de estupro feita por Bianca Toledo, Heiderich foi questionado se ela poderia ter usado episódio para tentar trazer a público seu interesse sexual pelo sexo oposto como se fosse algo ruim. Ele afirma que “não, de forma alguma”.

“Não, de forma alguma. Até porque o que eu fui acusado não tem a ver com a homoafetividade. Nas vezes que ela tentou incluir isso foi para suscitar um preconceito que ela tem contra a comunidade gay. O que ela fez foi uma mentira cruel envolvendo uma criança e também tínhamos uma vida normal de casa”, respondeu.

O relacionamento de Bianca Toledo e Felipe Heiderich ganhou repercussão nacional depois que ela acusou o marido de ter estuprado o filho de 5 anos, fruto de um antigo relacionamento dela. Heiderich chegou a ser preso, mas foi absolvido pela Justiça.

Na época, foi instaurado um inquérito policial e, com base nas provas reunidas, a delegada Cristiana Bento representou pela prisão temporária do autor que foi decretada pela Justiça pelo prazo de 30 dias. Heiderich ficou detido no Complexo Penitenciário de Gericinó, no bairro de Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, Felipe Heiderich se coloca como vítima na acusação feita por Bianca Toledo, fazendo uma retrospectiva dos fatos ocorridos na época, quando afirmou acreditar que todo o episódio foi planejado.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending