Siga-nos!

Política

Feliciano repreende Mourão e sugere impeachment do vice

Parlamentar acredita que o general pode ter cometido “crime de responsabilidade”

Avatar

em

Marco Feliciano
Marco Feliciano. (Foto: Reprodução / Youtube)

Apoiador de primeira hora do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Marco Feliciano (Pode/SP) está insatisfeito com a postura do vice Hamilton Mourão (PRTB). Através de suas redes sociais, o parlamentar fez críticas severas ao general nesta quarta-feira (3).

A motivação para as cobranças foram as declarações públicas constantes de Mourão contra o líder do Executivo. Mourão acusou o Bolsonaro de enviar um vídeo a favor da ditadura militar e reclamou dele ter afirmado que “nazismo e comunismo são duas faces de uma moeda”.

“Até quando, @GeneralMourao , abusarás da nossa paciência? Depois de culpar injustamente o presidente @jairbolsonaro pela divulgação de um vídeo, agora corrige o presidente em público com a questão do nazismo, mais uma vez minando a autoridade presidencial. Muita deslealdade!”, disparou Feliciano via Twitter.

Em seguida, chamou a postura do vice de desleal, indigna, desonrosa e indecorosa. Citando a Constituição Federal, defendeu Bolsonaro como superior hierárquico e disse que Mourão deveria lembrar que tanto “na administração pública, como as forças armadas”, a hierarquia deveria ser respeitada.

Ainda dentro da série de mensagens no microblog, avisou: “vice também sofre impeachment: é crime de responsabilidade proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”.

Até agora, o vice-presidente não se pronunciou sobre a questão.

Publicidade