Siga-nos!

Política

Feliciano pode voltar a presidir comissão de Direitos Humanos

Em 2013 a eleição de Feliciano para o cargo gerou protestos em todo o país

Publicado

em

Marco Feliciano
Marco Feliciano. (Foto: Jose Cruz/ABr)


Seis anos depois, o deputado pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) pode voltar a presidir a comissão de Direitos Humanos da Câmara, por indicação de seu partido que perdeu a indicação para a comissão de Educação.

Os acordos firmados para a reeleição de Rodrigo Maia estão atrasando a divisão das comissões, por conta das disputas internas dos partidos.

Sem poder indicar um nome para a comissão de Educação, que ficará com o PSDB, o líder do Podemos, José Nelto (GO), tratou da possibilidade de indicar Feliciano, mas a bancada da sigla será consulta.

“Nós podemos pedir agora Direitos Humanos. O pastor Marco Feliciano quer presidir. A bancada vai avaliar ainda. Pode ser ele ou outro nome”, disse Nelto ao O Globo.

Em 2013 Feliciano foi indicado e eleito presidente da CDH, gerando inúmeros protestos pelo país, pois grupos de esquerda o acusaram de ser racista e homofóbico.

 



Publicidade
Publicidade