Siga-nos!

Política

Exército assume ação na Amazônia diante de ameaça a soberania nacional

Criticas de presidente francês causaram reação das Forças Armadas.

em

General Edson Leal Pujol durante passagem de comando do Exército
General Edson Leal Pujol durante passagem de comando do Exército (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O Exército Brasileiro ficará à frente de ação de combate aos focos de incêndio na Amazônia, que chegou a causar ameaça a soberania sobre a região.

A reação do mundo com a escalada de informações falsas sobre as queimadas, provocando inclusive posições controversas de líderes mundiais, resultou no designo das tropas para solução do problema.

Excêntrico e impopular, o presidente francês, Emmanuel Macron, prometeu levar a situação a uma reunião do G7, as sete maiores economias do mundo.

“Nossa casa queima. Literalmente. A Amazônia, o pulmão de nosso planeta, que produz 20% de nosso oxigênio, arde em chamas. É uma crise internacional”, escreveu no Twitter.

Além de informações falsas, o presidente da França utilizou uma foto antiga, de 2003, na tentativa de ilustrar a situação na Amazônia.

O presidente Jair Bolsonaro rebateu a fala de Macron, alertando sobre a soberania do país sobre a região e criticando uso da fotografia falsa.

Em resposta ao tuíte do presidente francês, o comandante do Exército, o general Edson Leal Pujol, alertou sobre a prontidão do “Exército de Caxias” em “defender e repelir” ameaças contra a soberania nacional.

“Aos incautos que insistem em tutelar os desígnios da brasileira Amazônia, não se enganem. Os soldados do Exército de Caxias estarão sempre atentos e vigilantes, prontos para defender e repelir qualquer tipo de ameaça”, afirmou em solenidade do Dia do Soldado.

Mais cedo, o ex-comandante do Exército, general Vilas Boas, usou o Twitter para criticar a postura de Macron, afirmando que ele estava realizando “ataques diretos à soberania brasileira”.

“É hora do Brasil e dos brasileiros se posicionarem firmemente diante dessas ameaças”, tuitou.

Publicidade