Siga-nos!

Esportes

Ex-zagueiro abandonou os campos de futebol para assumir campo missionário

Gilmar Santos, bicampeão Mundial pelo SP, dedica-se ao pastorado desde que “pendurou as chuteiras”

Publicado

em

Publicidade

Desde que o ex-zagueiro Gilmar Santos, 47, deixou os campos de futebol, em 2003, passou a se dedicar ao evangelismo. Atualmente, é pastor auxiliar na Comunidade Internacional da Zona Sul, no Rio de Janeiro.

Casado há 18 anos com a cantora gospel Aline Barros, com quem tem dois filhos, o “atleta de Cristo” já frequentava a igreja quando era jogador profissional. “Eu encerrei a carreira e é aquela coisa”: o que eu vou fazer? Eu já ajudava meu pastor no ministério de jovens”, conta.

Mas sua experiência ainda era pequena. Gilmar disse que ia à igreja uma vez por mês e quando conseguia. “Mas quando você mergulha, quando você se envolve com as pessoas, quando você ajuda… Então, eu comecei a ter amor pelas pessoas. E foi um tempo tão lindo porque eu não conhecia o que é realmente a igreja”, revela.

Em entrevista ao UOL, Gilmar contou que se converteu aos 19 anos, através do Atletas de Cristo. “Quando eu cheguei ao São Paulo, não conhecia Jesus, não, eu vim de uma família toda perdida; minha mãe era espírita, meu pai alcoólatra. Minha casa era um ponto espirita, era totalmente ao contrário”, lembra.

“Eu achava que ser crente era uma decepção… Eu tinha um medo porque o pastor que tinha lá perto da minha casa gritava e todo mundo falava que ele ficava dentro da igreja batendo nas pessoas, e por isso que as pessoas gritavam tanto. Então, eu achava tudo aquilo do mal, eu tinha um medo de crente, achava que era uma coisa de louco”, lembra, entre risos.

Publicidade

Atualmente, sua paixão pelo futebol diminuiu e aumentou sua vontade de evangelizar e resgatar vidas. “Eu ajudo os jovens e estou me dispondo cada vez mais a conhecer a Deus e a servir aos meus irmãos. Nós viajamos muito, falando de Jesus, eu pregando, e a Aline cantando”, concluiu.

Gilmar Santos, Aline Barros e filhos

Trending