Siga-nos!

israel

Ex-vice-presidente dos EUA culpa Biden pela crise entre Israel e Hamas

Mike Pence culpou Biden e os democratas do congresso de encorajar os inimigos de Israel.

em

Mike Pence
Mike Pense (Foto: Chris Jackson/AP)

Em um artigo para o National Review, o ex-vice-presidente Mike Pence culpou Biden pelo atual conflito no Oriente Médio, destacando que o atual presidente dos EUA demonstrou fraqueza na sua administração desde o seu primeiro dia na Casa Branca.

Para ele, o surto de violência que Israel está enfrentando, não visto há pelo menos sete anos, é um resultado da fragilidade do governo Biden, e acrescentou que os americanos estão perplexos com a rapidez que a violência apareceu depois de anos de calma.

“A resposta é que o presidente Biden e os democratas do Congresso abandonaram o apoio inequívoco ao nosso aliado Israel, encorajaram nossos inimigos e deram as costas à política que rendeu acordos de paz históricos no Oriente Médio”, afirmou Pence.

Além disso, o ex-vice-presidente destacou os acordos de paz que o governo Trump ajustou com o Oriente Médio em setembro do ano passado, onde Israel assinou tratados de paz com os Emirados Árabes Unidos e o Bahrein.

O Governo Biden está ajudando os palestinos

Pence ainda condenou Biden por ter restaurado mais de 200 milhões de dólares americanos para ajudar os palestinos e tirar os Houthis que são apoiados pelo Irã da lista de grupos terroristas designados.

Sem contar que atualmente pessoas do seu governo tentam o acordo nuclear com o regime radical islâmico.

“O presidente Biden encorajou grupos terroristas anti-semitas como o Hamas, evitando líderes israelenses e restaurando mais de US $ 200 milhões em ajuda aos palestinos que havia sido cancelada pelo governo Trump-Pence”.

Ele também alertou para a comparação ilógica que o governo Biden-Harris está fazendo entre Israel e o Hamas, e afirmou que a nação judaica é legítima enquanto a outra é uma organização terrorista.

Para concluir ele convocou a todos para orar pela paz e pela unidade, segundo o CBN News.

“Os americanos devem orar pela paz de Jerusalém e permanecer sem desculpas por nosso aliado mais querido, Israel, até que a violência seja reprimida e a segurança de Israel seja restaurada”, disse ele.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending