Siga-nos!

Mundo Cristão

Ex-muçulmana evangeliza judeus: “Seu Messias mudou meu coração”

Ela aprendeu a odiar judeus, até conhecer a Cristo e aprender a amá-los

em

Ex-muçulmana
Ex-muçulmana. (Foto: Reprodução / Youtube)

Uma mulher vestida com uma burca se aproximou de uma congregação israelense para contar seu testemunho, relatando que a fé em Jesus mudou sua vida e dizendo: “Seu Messias mudou meu coração; ele me resgatou e trouxe alegria em minha vida novamente. Eu sou uma mulher abençoada”.

Em seu depoimento, também dado ao site “One for Israel”, a mulher – que teve o nome preservado para evitar represálias – contou que cresceu em um país muçulmano e foi criada para odiar judeus, considerando a palavra “Yehudi” (judeu) como um palavrão.

Ela porém se decepcionou com a fé de seu povo quando clamou por várias vezes para que seu pai deixasse de bater em sua mãe, mas não foi ouvida. Ao se mudar para os Estados Unidos, mais uma vez ela se decepcionou quando sua avó faleceu, a deixando sozinha em um país diferente e distante de seus familiares.

Foi então que ela foi apresentada a Jesus. Ela chorava copiosamente na rua e uma mulher se aproximou e a convidou para ir na igreja. Ela aceitou.

“Quando entrei nesta igreja, senti amor e aceitação dessas pessoas como nunca antes. Pela primeira vez na minha vida, ouvi uma mensagem da Bíblia. Foi sobre Yeshua (Jesus), como ele leu no rolo do profeta Isaías: ‘O Espírito do Senhor está sobre mim. Ele me ungiu para pregar o evangelho aos pobres, para curar os de coração partido, dar vista aos cegos e proclamar liberdade aos cativos'”, relembra ela conforme noticiou o Israel Today.

Naquele momento, ele desejou ter liberdade, entendeu que estava cega de tanto ódio e decidiu deixar o islã para se tornar cristã.

“No dia em que dei minha vida para me tornar um seguidor de Jesus, eu disse: ‘Deus, me perdoe. Eu não sabia que odiava o seu povo'”. E tirando a burca, ela anunciou à congregação: “Agora eu não preciso mais disso”.

Publicidade