Siga-nos!

Esportes

Contrato pelo Flamengo pede camisa 7: “Referência bíblica”

Everton Ribeiro foi recebido com aplausos pelos torcedores

Avatar

em

Éverton Ribeiro

O jogador Éverton Ribeiro, recém-contratado pelo Flamengo, esteve no Rio de Janeiro e foi apresentado no Salão Nobre da Gávea. Recepcionado por torcedores, imprensa e equipe técnica, Ribeiro chegou a tirar uma foto ao lado de uma estátua de Zico e contou detalhes de sua carreira.

De acordo com informações divulgadas pelo Globo Esporte, Éverton possui vários motivos para ter se agradado da camisa 7. Afinal, o número, segundo palavras de Ribeiro, é importante em sua vida.

“O sete é uma referência bíblica, número perfeito. Me traz segurança. Casei no dia 7. E, como o Rodrigo tinha me dito, a torcida já estava fazendo ligações com o hepta para o Flamengo. Tudo acabou conspirando para eu usar a 7”, disse.

Após receber a camisa, disse: “Estou muito feliz de realizar o sonho, que é jogar nesse enorme clube que é o Flamengo, poder vestir esse manto. O que mais quero é conhecer e poder estar junto com o grupo. O sonho é de longa data”.

“Todo jogador que se torna profissional sabe que o Flamengo tem uma torcida apaixonada. Não pensei duas vezes na hora de tomar a decisão. Foi difícil, mas estou aqui. Quero passar a alegria que tenho ao jogar bola para todo mundo, e agradecer esse carinho comigo e com minha família”, completou.

Évertou disse o porquê escolheu ir para o Flamengo. “É um clube que vai estar sempre brigando por títulos. Tem um elenco forte, jogadores campeões, isso tudo e a grandeza do Flamengo me fizeram querer jogar no Flamengo. A torcida é um espetáculo à parte. Sem dúvida, já joguei contra e sei que motiva eles junto com os jogadores. Fica difícil jogar aqui em casa”.

Por fim, Ribeiro chegou a comentar sua passagem pelo Cruzeiro. “No Cruzeiro foram dois anos espetaculares, conquistamos dois títulos brasileiros. Tenho amigos lá. Vai ter sempre um carinho especial pelo cruzeiro, mas agora é poder jogar pelo Flamengo. Tenho certeza que vai ser uma história de títulos”, concluiu.

Jornalista pela Universidade Federal de Goiás, é autor de textos pelo Gospel Prime desde 2016.

Publicidade