Siga-nos!

Internacional

Evangelismo de imigrantes está reavivando a Europa pós-cristã

Segundo a Pew Research, 1,3 milhão de pessoas entraram com pedidos de asilo em 28 estados membros da União Europeia, Noruega e Suíça em 2015.

em

Refugiados chegando à Europa. (Photo: Ben White/ CAFOD via Flickr)

Com a chegada de imigrantes na Europa, o trabalho evangelístico se intensificou e o Velho Continente pode estar passando por um reavivamento, é o que acredita a World Missionary Press.

Recentemente, Helen Williams, que atua na organização missionária, visitou quatro países europeus que possuem centros de evangelismo e voltou com boas notícias.

A WMP atua distribuindo folhetos evangelísticos, materiais que foram distribuídos para refugiados e imigrantes que chegaram pela Itália, Grécia, Hungria ou Alemanha.

“Eles viram [uma] oportunidade de alcançar esses povos através dos folhetos quando saíam dos trens”, explica ela após conversar com os missionários e voluntários.

Por conta desse trabalho, os evangelizadores estão vendo um reavimento em vários países. “Além disso, algumas coisas latentes estão sendo reavivadas”, testemunhou.

Williams contou de um homem de Oslo, na Noruega, que pediu de 10 a 12 mil folhetos para a WMP. “Eles têm uma campanha intensiva de verão para alcançar sua comunidade”, disse ela.

No boletim da editora eles contam que há 103 distribuidores ativos na Noruega, sendo mais de 80 deles em Oslo. Um casal que aluga apartamentos no AirBnB distribui esses folhetos aos hóspedes e este ano, cinco pessoas passaram a crer em Jesus através da leitura dos folhetos das Escrituras enquanto aproveitavam as férias na capital norueguesa.

Agora Williams e outras pessoas da WMP estão trabalhando para enviar folhetos evangelísticos para a Romênia e Suécia.

“Estamos imprimindo cerca de 7 milhões de peças por mês, mas tenho pedidos em minha mesa por 130 milhões de peças”, revelou ela.