Siga-nos!

Política

Evangélicos não se arrependem de votar em Bolsonaro e esperam melhora da economia

Grupo religioso foi decisivo para a eleição do presidente

Avatar

em

Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Segundo a pesquisa da Ideia Big Data, os evangélicos esperam que o governo de Jair Bolsonaro melhore a economia no país. O grupo que foi decisivo para a eleição do presidente da República, foi questionado pela pesquisa sobre os principais pontos de governo.

Para 45% dos evangélicos entrevistados, a esperança é que o governo dê prioridade à resolução dos problemas econômicos. Com a crise financeira dos últimos anos e os altos índices de desemprego, o grupo de religiosos espera ver uma melhora com o novo governo.

Questionados sobre a reforma da Previdência, os evangélicos estão divididos: 35% são contra, 35% são a favor e 30% não sabem opinar a respeito.

“Há uma desinformação generalizada nesse grupo que vem das classes mais baixas”, diz Maurí­cio Moura, CEO do Ideia Big Data.

“É uma oportunidade para o governo, pois essas pessoas podem ser convencidas”, declarou ele à Veja.

A pesquisa revela também que mais da metade dos evangélicos afirma que o governo Bolsonaro está atendendo ao que era esperado dele, e 22% dizem até que ele supera expectativas.

Publicidade