Siga-nos!

Política

“Evangélicos estão mais perto do povo do que o PT”, diz José Dirceu

Condenado no Mensalão e na Lava Jato, ex-ministro de Lula acredita que Bolsonaro levará país a Idade Média.

Publicado

em

José Dirceu
José Dirceu. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


Graça & Paz! Antes de ler este conteúdo, gostaríamos que você participasse de uma rápida pesquisa sobre o portal. Não levará 1 minuto 😊 Clique aqui e responda rápido!


Durante um evento realizado no Sindicato dos Bancários em Brasília nesta segunda-feira (11), José Dirceu fez um discurso de auto-crítica ao Partido dos Trabalhadores, sigla derrotada nas eleições presidenciais após 16 anos.

Na visão do ex-ministro de Lula, condenado no Mensalão e na Lava Jato, o PT deixou de atender aos pobres e as igrejas evangélicas se aproximaram deste público. “Se nós não estamos do lado do povo, os evangélicos estão. E não podemos criticar os evangélicos”, declarou.

Dirceu criticou o apoio dos evangélicos ao presidente eleito Jair Bolsonaro e diz que o PT perdeu nas urnas e nas ruas.

No discurso o ex-ministro da Casa Civil declarou também que Bolsonaro representa um governo que levará o país para a Idade Média.



Publicidade
Publicidade