Siga-nos!

Mundo Cristão

Evangélico impede suicídio após dizer “Jesus te ama” a homem que saltaria de ponte

Homenageado pela prefeitura como herói, Collin Dozier diz que foi guiado por Deus

Avatar

em

Collin Dozier. (Foto: CBN News)

Em 25 de abril, Collin Dozier, 31 anos, estava dirigindo de volta para casa por volta da meia-noite quando notou um carro estacionado na beira da ponte de Lesner, em Virginia Beach, (EUA).

Evangélico, ele disse que se sentiu Deus lhe dizendo para parar e notou que não conseguia ver o motorista do carro. “Eu simplesmente senti o Espírito Santo falar comigo e me dizer para ir até lá”. Foi quando observou que um homem estava na beira da ponte, olhando para baixo.

Jacob Palmer, 27 anos, estava decidido a se suicidar pulando da ponte. “Naquele momento eu disse algo do tipo: ‘Ei, cara, não faça isso. Jesus te ama. Ele tem um plano para a sua vida'”, explicou Collin à CBN. Embora Jacob não tenha respondido, o evangélico começou a compartilhar seu testemunho pessoal.

“Ele não queria ouvir”, lembra Collin. “Foi quando eu fiz a única coisa que sabia fazer em uma situação como essa: orar. Estendi minha mão e disse ‘Senhor Jesus, por favor fale com esse homem. Eu oro agora mesmo abre os olhos dele e mostre o teu amor'”.

Foi quando a polícia chegou. O suicida ameaçou: “Deixem-me em paz. Eu tenho uma arma. Vou matar vocês dois, haverá dois assassinatos hoje à noite se você não me deixar em paz”.

No entanto, Collin, não se intimidou e continuou se aproximando e tentando falar com Jacob. Quando percebeu que o suicida baixou a guarda ele pulou e o puxou de volta para o asfalto. Levado pela polícia, Jacob explicou que havia se drogado, usando um coquetel de metanfetamina, heroína e cocaína.

Desde aquela noite Collin ficou decidido a manter contato com Jacob. Convidou-o para ir à igreja e ele aceitou. “Ele disse quando eu demonstrei amor, isso o tocou profundamente…. Ele disse… quero esse amor. Acabou aceitando Jesus em seu coração.”
Jacob será batizado no final de junho.

Collin foi chamado de herói por ter evitado um suicídio e recebeu até um prêmio da cidade. Mas ele é categórico: “Dou toda a glória a Deus. Não dá para criar algo assim. Todo esse ‘incidente’ foi guiado por Deus”.

Publicidade