Siga-nos!

igreja perseguida

“Eu sou um professor, mas sirvo a Deus”, diz professor ao recusar se curvar a ideologia de gênero

Políticas para afirmar a identidade de transgêneros são pressionadas cada vez mais nas escolas.

em

Professora e alunos. (Foto: Nicole Honeywill/Unsplash)

Na última quinta-feira (27), Tanner Cross, um professor de educação física da escola primária de Leesburg, no condado de Loudoun, na Virgínia, EUA, foi colocado de licença por não afirmar as identidades de gênero.

Cross disse ao conselho escolar no dia 25 de maio que não concordou com um menino biológico ser menina e vice-versa, e que isso seria mentir e também um abuso infantil. “Eu sou um professor, mas eu sirvo a Deus primeiro”, disse ele.

Tanner fez referência a uma investigação do programa da CBS News “60 minutes” que foi ao ar no domingo (23), na qual mais de 30 jovens que sofriam de disforia de gênero foram entrevistados por Lesley Stahl.

Os jovens falaram que fizeram a transição de sexo, tomaram remédios e passaram por cirurgias sem a menor resistência, vindo a se arrepender logo depois de assumir a identidade transgênero. “Eles estão agora em processo de destruição”, acrescentou Cross, explicando que não pretendia machucar ninguém.

“É contra minha religião”

Devido a sua crença em Deus, o professor falou ao conselho que mentir para uma criança é pecar contra Deus, e que os cristãos desaprovam as políticas escolares como 8040 e 8350, pois elas fazem mal para as crianças.

“Amo todos os meus alunos, mas nunca mentirei para eles, independentemente das consequências. Sou professora, mas primeiro sirvo a Deus e não vou afirmar que um menino biológico pode ser uma menina e vice-versa porque é contra a minha religião”, acrescentou.

A Política 8040 afirma que os professores seriam obrigados a usar os pronomes preferidos dos alunos, enquanto a 8350 descreve que os alunos transgêneros e expansivos de gênero participem das atividades de acordo com a sua identidade.

Além disso, a política também determina que as Escolas Públicas do Condado de Louden serão obrigadas a oferecer em suas instalações banheiros particulares caso os alunos trans identificados solicitem, promovendo mais privacidade para esses, de acordo com o The Christian Post.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending