Siga-nos!

Internacional

Estado adota lei que obriga ensino de “história LGBT” nas escolas públicas

Objetivo seria “conter o bullying contra os estudantes”.

em

Criança com as mãos pintadas das cores gays. (Foto: Sharon McCutcheon / Pixabay )

O estado de Illinois, nos Estados Unidos, aprovou uma lei que obriga o ensino de história LGBT nas escolas públicas, com o objetivo de “conter o bullying contra os estudantes”.

A lei foi sancionada pelo governador JB Pritzker, que estabelece que os professores devem apresentar aos alunos “contribuições históricas de pessoas LGBT” na história do país.

Segundo determina a lei, o Conselho Estadual de Educação deverá fornecer livros didáticos que abordem a temática, evitando livros discriminatórios.

A legislação diz: “Cada distrito escolar público e escola não pública, reconhecida pelo Estado, deverá, mediante dotações para esse fim, receber uma bolsa por aluno para a compra de livros didáticos seculares e não discriminatórios. Somente nas escolas públicas, o ensino da história incluirá um estudo dos papéis e contribuições de lésbicas, gays, bissexuais e transexuais na história deste país e deste Estado”.

O projeto foi aprovado em maio, por uma votação de 34 a favor e 18 contrários, gerando críticas da sociedade e de especialistas.

Para Terry Schilling, diretor executivo do American Principles Project, uma organização sem fins lucrativos em Washington, os ativistas LGBT estão implementando algo controverso.

“Eu não consigo pensar em nada mais estranho do que ser obcecado em ensinar crianças sobre sexualidade”, disse Schilling ao The Christian Post.

“Os pais precisam recuperar seu papel como educadores primários de seus filhos – especialmente no que se refere à sexualidade de seus filhos. Ninguém mais tem esse direito ou responsabilidade”, continuou.

Publicidade