Siga-nos!

Sociedade

Cidades promovem shows ecumênicos para celebrar o Combate à Intolerância Religiosa

São Paulo e Rio de Janeiro organizaram eventos gratuitos juntando representantes de diversas religiões

Avatar

em

Nesta segunda-feira (21) se comemorou o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Para festejar a data as prefeituras das cidades do Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) criaram festividades ecumênicas para valorizar a liberdade religiosa.

No Rio a festa chamada de “Cantando a Gente se Entende” aconteceu na Cinelândia reunindo líderes católicos, candomblecistas, espíritas, judeus, muçulmanos, budistas e outros. A reunião começou às 9h tendo diversos momentos litúrgicos que duraram até o início da noite.

No palco montado no centro da cidade se apresentaram alguns representantes de diversas religiões como Arlindo Cruz, Padre Omar, Ogam Tião Casemiro, Ogam Bambala e Varda.

Em São Paulo o evento aconteceu no Vale do Anhangabaú promovido pela Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial que convidou o Padre Marcelo Rossi (Igreja Católica), da cantora e deputada estadual Leci Brandão (Tradições de Matriz Africana), da cantora Jamily (Igreja Evangélica), do Olodum e dos grupos Art Popular, Samprazer e Katinguelê para se apresentar.

Os shows começaram por volta das 17h liderado pelo secretário Netinho de Paula que aproveitou o momento para constituir o Grupo de Trabalho para criação do Fórum Inter-religioso. “Fico feliz por reunir líderes religiosos em um ato respeitoso de confraternização perante à população de São Paulo. É um dia para reflexão sobre a liberdade de crença em nosso país”, disse ele. Com informações do G1.

Publicidade