Siga-nos!

Mundo Cristão

“Deus te ama do jeito que você é, mas o Evangelho exige mudança”, diz ex-gay

“A Bíblia diz que não é possível ser cristão e gay”, lembra Luis Javier Ruiz.

Avatar

em

Luis Javier Ruiz. (Foto: Reprodução / Facebook)

Entre os participantes da Freedom March estava Luis Javier Ruiz, sobrevivente do massacre na Pulse Nightclub, uma balada LGBT que foi atacada em 12 de junho de 2016.

Em entrevista à CBN News, Ruiz contou que acredita na mudança de opção sexual, pois foi o que ele vivenciou. Ele ainda declarou que, pela Bíblia, não é possível ser um cristão gay.

“Em vez de provar por que você pode ser um cristão gay, tenha uma mente aberta e tente pesquisar por que a Bíblia diz que você não pode. Eu não pretendo basear suas crenças no que as pessoas dizem, no que o Facebook diz, ou mesmo cultura e sociedade, mas o que a Palavra diz, faça sua pesquisa e veja por que as pessoas estão saindo dos estilos de vida LGBTQ+”, afirmou.

A Freedom March aconteceu no dia 23 de maio em Washington D.C. (EUA), reunindo ex-homossexuais que provam que é possível deixar a prática.

“Não estou dizendo que somos perfeitos ou que a tentação não vem. A tentação não é um pecado, mas agir sobre a tentação é”, revelou o homem de 35 anos.

Publicidade