Siga-nos!

Política

“Deus é o Senhor de tudo e o tempo é o seu melhor servo”, diz Feliciano sobre Temer

O parlamentar evangélico declarou que acreditava na prisão de Temer quando ele se tornasse um réu comum

em

Marco Feliciano
Marco Feliciano. (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

O deputado federal Pastor Marco Feliciano comentou sobre a prisão do ex-presidente Michel Temer, acusado de liderar um grupo que desviou mais de R$ 1,8 bilhão de verbas públicas.

Feliciano lembrou que em agosto de 2017 a Câmara dos Deputados não autorizou a investigação contra Temer e ele teria votado pela não investigação, sendo muito julgado por isto.

O parlamentar explica que “poucos brasileiros conhecem os meandros da política brasileira” e que ele votou contra a investigação por não confiar no Supremo Tribunal Federal para julgar os indiciados pela Operação Lava Jato.

“Eu disse: ‘Quero que Temer, em 1º de janeiro, quando ele deixar de presidente, quando perder o foro privilegiado e se tornar um réu comum, ele vai cair nas mãos do Sérgio Moro'”.

View this post on Instagram

Você se lembra? *vídeo completo no facebook!

A post shared by Marco Feliciano (@marcofeliciano) on

Publicidade